Cejusc de Guarabira retoma trabalhos com 100 audiências previstas para o mês de julho

No final do mês de junho, os trabalhos foram retomados pelo Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da Região da Comarca Guarabira, no Brejo paraibano, que, nos últimos dias 29 e 30, realizou 10 audiências por videoconferência. Já este mês, até o momento, o Centro promoveu 15 audiências. A unidade possui em seu cronograma de julho um total de 100 audiências agendadas.

A juíza Kátia Daniela de Araújo, que responde pela 3ª Coordenadoria do Cejusc de Guarabira, esclareceu que a unidade enfrentou problemas técnicos, que já foram devidamente sanados. “A intenção, agora, é intensificar a cultura da conciliação, ultrapassadas as barreiras da dificuldade na audiência totalmente virtual, direcionando os acordos entre as partes de forma exitosa”, afirmou.

A magistrada lembrou que o Cejusc de Guarabira sempre se destacou pela “excelente estatística de êxito nas conciliações”. Disse, também, que, nesse momento delicado de saúde pública, o Centro continuará prestando um serviço relevante para a sociedade. 

Para o mediador judicial e supervisor do Centro, Jesiel Rocha, a retomada dos trabalhos por meio das videoconferências – nova modalidade de audiência no contexto da pandemia de coronavírus – se mostrou positiva, também, para a advocacia e as partes. 

“Embora diferente da forma presencial, as partes continuam com o direito assegurado de fala. Nessas 10 audiências que realizamos em junho, em sete elas se pronunciaram. Em três, deixaram com os advogados. Mas, isso faz parte do começo de uma nova cultura que estamos vivenciando e estamos amadurecendo”, analisou o supervisor. 

Jesiel acrescentou, ainda, que o Cejusc de Guarabira está providenciando para o final do mês a realização de um mutirão DPvat para acordos. 

Fonte: TJPB/Por Gabriela Parente/Gecom-TJPB