Mutirão do Grupo Walmart começa hoje à tarde em João Pessoa e Campina Grande

Tem início na tarde desta segunda-feira (26) o mutirão do Grupo Walmart, que já possui 250 processos para apreciação. O esforço concentrado ocorrerá no período de 26 a 30 de agosto, simultaneamente em João Pessoa e Campina Grande. Na Capital, o evento será no Centro de Conciliação do Fórum Cível, e, em Campina, no Centro de Conciliação, na Faculdade Facisa. O horário de funcionamento das atividades será das 14h às 18h até esta quinta-feira e, na sexta, das 8h às 14h.

O regime especial é uma iniciativa do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). De acordo com dados do Núcleo, nos primeiros oito meses do corrente ano quase 1.800 audiências já foram realizadas, com mais de 80% de acordos firmados.

“Nossos números mostram que esta é a melhor forma de resolver litígios. Ganham as partes, que veem seus problemas resolvidos; ganha a Justiça, que diminui a demanda processual e ganham os advogados, que recebem os seus justos honorários antecipadamente”, ressaltou o juiz Bruno Azevedo, que faz parte do Núcleo de Conciliação.

Ele informou que o próximo evento será o ‘Mutirão Fiscal’, que vai de 14 de outubro a 14 de novembro e conta com 28 mil feitos, envolvendo ações da Prefeitura da Capital. Em seguida, ocorrerá o esforço concentrado do Seguro Dpvat em duas regiões do Estado: no Cariri, de 7 a 10 de outubro, na comarca de Monteiro; e na região da Borborema, de 02 a 05 de dezembro. A unidade de Campina Grande sediará este último evento, que fará parte da Semana Nacional de Conciliação, promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Este ano, o Núcleo já realizou o mutirão do Banco Bradesco, em que houve 99 audiências e 90 acordos; o mutirão da Tim, onde das 130 audiências ocorridas, em 104 houve acordos; e o mutirão do Seguro Dpvat em João Pessoa e Região Metropolitana. Este último, alcançou 1.144 acordos, em 1.434 audiências. Em Patos, o regime do Seguro Dpvat das comarcas do sertão alcançou 564 acordos, das 674 audiências.

Fonte: TJPB -Gecom – Marcus Vinícius (com algumas correções)